skip to Main Content
Noroeste Paulista Abre Programação Do 1º Encontro Regional On-Line Do Sescon-SP

Noroeste Paulista abre programação do 1º Encontro Regional On-Line do Sescon-SP

O primeiro dia foi dedicado ao debate do tema ‘Legislação trabalhista para o trabalho remoto’. Presidente do Sescon-SP elogiou qualidade do evento

Organizado pelas comissões regionais, ficou sob responsabilidade do Noroeste Paulista a programação de abertura do 1º Encontro Regional On-Line do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de São Paulo (Sescon-SP), iniciado hoje (25) e que prossegue até a sexta-feira, dia 28.Os painéis montados para o evento têm como linha condutora a análise do mercado atual, de modelo de negócio, passando pela gestão de pessoas e tecnologias. Durante os quatro dias, as palestras e debates acontecerão na plataforma on-line Eventbrite.

O diretor do regional do Sescon São José do Rio Preto, Sérgio Ernandes, destacou a relevância de abordar os temas que compõem o encontro. “Em um cenário cada vez mais digital, baseado em home office e distanciamento, precisamos mapear quais habilidades necessárias para estarmos à frente no nosso segmento”, disse. Também estavam na abertura o presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRC-SP), José Donizete Valentina, e o presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), Sérgio Approbato Machado Jr.

Para o presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Júnior, o evento é o primeiro passo no sentido de ‘unir cada vez mais os profissionais da área contábil’. De acordo com Lima, mesmo a profissão não tendo sido reconhecida como serviço essencial no estado de São Paulo, as empresas e profissionais da área não pararam de trabalhar. O resultado disso foi a experiência na prática, em muitas empresas, do teletrabalho, item que já vinha sendo discutido na convenção trabalhista há alguns anos.

“E um encontro regional on-line, que conta com a participação, inclusive, de profissionais de outros estados que se inscreveram, mostra a vanguarda da nossa instituição, sempre na busca das melhores soluções para os desafios de cada época. E quero destacar o protagonismo que nós, contadores, estamos assumindo também no debate de tantas reformas que o Brasil precisa”, elogiou Lima.

Outro aspecto inovador do evento é a gameficação, novidade que foi explicada pela mediadora dos debates, a jornalista Magda Battiston, do Canal Contabilidade na TV. “Todas as atividades são pontuadas e quem atingir os 620 pontos classificado para concorrer, ao final do Encontro, a prêmios ofertados pelos nossos patrocinadores. Então, por exemplo, o fato de fazer o login, deslogar, responder as enquetes, acessar o material de apoio, fazer a pesquisa de avaliação do evento e enviar perguntas para os palestrantes, tudo isso vale pontos e o participante vai aumentando o seu score e se qualificando para concorrer aos prêmios”, explicou.

Leis trabalhistas e o trabalho remoto

A mesa do primeiro dia teve como tema ‘Legislação trabalhista e o trabalho remoto’ e teve como participantes o presidente do Instituto Fenacon, Márcio Massao Shimomoto; o presidente do Sindicato dos Empregados dos Agentes Autônomos do Comércio (Seaac) de Bauru, Lázaro Eugênio; o advogado empresarial tributarista da Thomson Reuters, Edison Garcia Junior e o diretor Administrativo do Sescon-SP, Adalmo Coutinho. Os participantes abordaram o tema Teletrabalho e Home Office, nas perspectivas trazidas pela Reforma Trabalhista (Lei nº 13.467/2017) e da recente Medida Provisória 927/2020, que perdeu sua eficácia recentemente.

Para Lázaro, o entendimento sobre home office no contexto dos funcionários de uma empresa é bastante diferente da ideia de teletrabalho de um empreendedor. Com relação a legislação, com a MP 927 caducou no final de julho, cabe voltar ao entendimento contido na CLT, que, segundo ele, precisa de regulamentação. O advogado Edison Garcia defendeu dois pontos que, para ele, estão sendo pouco discutidos: a necessidade de implementação de contratos de confidencialidade aos trabalhadores que estão em home office e uma maior conscientização sobre a Lei Geral de Proteção de Dados, que deve entrar em vigor em janeiro de 2021. Para Shimomoto, as mudanças no mundo do trabalho reforçam ainda mais a importância dos acordos coletivos e a mediação feita através dos sindicatos para que exista segurança jurídica para as empresas e para os trabalhadores.

Saiba a programação do segundo dia do Encontro:

26/08/2020 – Encontro Centro-Oeste Paulista


08h30 
– Abertura: Luis Augusto Yamada (Diretor Regional em Ribeirão Preto)

– Palavra do Patrocinador – Talita Ribeiro (Gerente de Marketing da QuickBooks)

– Painel: Home office – Transformação Digital: Ferramentas, Sistemas, Processos e forma de atendimento aos clientes, com Arthur Igreja

Debate: Tiago Tadeu Farago (Líder de Vendas da QuickBooks) e Christiano Cesar Martinello (Diretor da Aescon-SP)

10h30 – Encerramento

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Recomendado
Presidente Lima apresentou as propostas que estão no centro do…