skip to Main Content
Saiba O Que é O Re_tech, Iniciativa Do Sescon-SP De Retomada Tecnológica Do Setor

Saiba o que é o Re_tech, iniciativa do Sescon-SP de retomada tecnológica do setor

A partir da segunda-feira, 5, os interessados poderão acessar a landing page no site da entidade, fazer um pré-cadastro na área de interesse e receber um link com acesso a produtos com descontos exclusivos e linhas de crédito com taxas de juros especiais.

O Sescon-SP lançou oficialmente, em uma live transmitida na quarta-feira (30), o projeto Retomada Tecnológica, ou Re_tech. A iniciativa reúne parceiros e apoiadores que concordaram em auxiliar (através de descontos ou condições especiais) micro e pequenas empresas das 60 categorias representadas pela entidade. Esse auxílio será oferecido em três frentes: compra de hardware, aquisição de softwares e serviços digitais e oferta de crédito para modernização do negócio (da parte tecnológica) ou para ser usado como capital de giro. De acordo com o presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Jr., a medida estava sendo montada desde o ano passado, mas com a pandemia, tornou-se um objetivo urgente.

“É um momento especial esta iniciativa do Sescon-SP junto com tantas empresas importantes dos setores de tecnologia, serviços e financeiro. Há um ano vínhamos observando a dificuldades de muitas empresas associadas no que diz respeito a migrarem para a tecnologia, mas com a vinda da pandemia isso se agravou e o pensamento sobre o auxílio foi ampliado. Uma pesquisa da Agência Brasil mostrou que mais de 67% das empresas brasileiras tiveram dificuldades de se adaptarem ao teletrabalho. E mais: no caso das empresas de contabilidade, 75% delas enfrentaram dificuldades em trabalhar remotamente.”, descreveu Lima.

Durante a live, além dos representantes das empresas parceiras estavam o presidente do Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo, José Donizete Valentina, e o deputado estadual Itamar Borges, presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo e Combate da Guerra Fiscal. “Aqui em São Paulo nós temos uma vantagem, as entidades contábeis são muito unidas. O CRC, pela sua natureza, está impedido de firmar certas parcerias. E as dificuldades dos profissionais e das organizações contábeis nos deixavam preocupados. Compartilhamos a preocupação com o presidente Reynaldo e ele disse que ele iria pensar numa saída e ficamos muito felizes em ver esse projeto. Este é um exemplo máximo de solidariedade do Sescon-SP, que abraçou esse desafio gigantesco e que resultou em uma iniciativa que esperamos que seja copiada por outras entidades pelo Brasil”, aplaudiu Valentina.

QUAIS EMPRESAS PARCEIRAS

O desafio de auxiliar empresas conseguirem modernizar seus equipamentos, softwares e a parte financeira, em um momento de crise, foi levado a sério e contou com o apoio de muita gente.  Entraram para o pool de apoiadoras e parceiras a Positivo, Inconnect, Microsoft, Penso Tecnologia, Kaspersky, além do banco de fomento Desenvolve São Paulo e o Sicredi.

“Pensamos em buscar parcerias para essa retomada. A iniciativa e a adesão das parceiras foram imediatas, e o projeto foi ganhando corpo nos últimos 45 dias. E sabemos que outros parceiros virão com o objetivo fortalecer as categorias que representamos. Nossa entidade, de representação empresarial, criou uma medida de apoio a quem mais precisa. E a partir da próxima semana estará disponível para todos nossos associados e no futuro, quem sabe, a depender da adesão, possa ser levado para outras instituições e entidades”, salientou o presidente do Sescon-SP.

COMO ADERIR

A partir da segunda-feira, dia 5, uma landing page será publicada no site do Sescon-SP. Nela, os interessados poderão fazer um mini-cadastro. O passo seguinte é preencher o formulário da área pela qual a empresa tem interesse. O pacote de vantagens que será oferecido a profissionais e empresas representadas vai desde desconto na compra de equipamentos (desktops, notebooks), passando por condições especiais para adquirir as licenças de programas e aplicativos, bem como linhas de crédito específicas para o setor (inclusive para capital de giro). Os formulários enviados serão avaliados pelas equipes das parceiras, que darão a resposta sobre a concessão do desconto ou crédito.

BEM QUE GERA O BEM!

Uma das faces mais tristes desse momento é a realidade vivida por mais de 140 mil famílias enlutadas em decorrência do Covid-19. Em muitos desses lares afetados, a solidariedade é fundamental para a sobrevivência. “Há uma multidão de desamparados que perderam praticamente tudo. Então, um dos objetivos do Re_tech é gerar engajamento em nossa classe para apoiar entidades beneficentes. E uma das maneiras que descobrimos de como fazer isto, em conjunto com os nossos parceiros, é reverter parte da receita para compra de cestas básicas, que serão doadas às comunidades mais afetadas. Portanto, ao participar do programa, os nossos representados estarão colaborando com esta ação social.”, explicou Lima.

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Recomendado
Lançamento oficial da iniciativa será transmitido, via YouTube, nesta quarta-feira…