skip to Main Content
Segundo Dia De Encontro Do Sescon-SP Traz Debate Sobre Transformação Digital

Segundo dia de Encontro do Sescon-SP traz debate sobre transformação digital

Apostar no ‘calor humano’, estar atento à ‘jornada’ de cliente e colaboradores e ser mais digital são meios para superar a crise, diz especialista 

O segundo dia do Encontro Regional On-Line do Sescon-SP foi estimulante. Dedicado à região Centro-Oeste Paulista, o painel desta quarta-feira (26) teve como tema ‘Transformação digital: ferramentas, sistemas, processos e formas de atendimento aos clientes’. Para falar sobre o assunto foi convidado o palestrante Arthur Igreja, um dos maiores especialistas em conteúdo digital humanizado do país e autor do livro ‘Conveniência é o nome do negócio’.  

“Este evento tem como objetivo trazer temas relevantes para o mercado contábil. As mudanças estruturais de trabalho aconteceram e o que nos resta é nos adaptarmos aos novos meios digitais e modelos tecnológicos que chegaram. Essa é a nova realidade. E o que nos trouxe até aqui, nos levará ao próximo nível”, argumentou Luis Augusto Yamada, diretor regional em Ribeirão Preto na fala de boas-vindas.   

A gerente de Marketing da QuickBooks Brasil, Talita Ribeiro, parabenizou a entidade pelo evento e salientou aspectos do cenário mundial atual. “Estamos vivendo um momento sem precedentes. A pandemia pegou a maioria das empresas, de todos os setores, de surpresa e nos impôs desafios. Para lidar com eles, precisamos, cada vez mais, impulsionar a educação digital”, afirmou. A Intuit QuickBooks é uma das patrocinadoras do Encontro Regional do Sescon-SP. 

Digital sim, mas mantendo o calor humano 

E como será a vida pós-pandemia? Esta é uma pergunta que inquieta a sociedade em geral. O impacto do Covid-19, segundo Arthur Igreja, nos fez colocar o pé no freio. “Ninguém imaginava que 2020 traria tanto impacto, tanta novidade. Eu sempre comento que quando paramos para lembrar de 2019, parece que foi um ano que passou há dez anos. Então, estamos vivendo mudança de décadas acontecendo, na frente dos nossos olhos, em semanas”, observou. 

Para as empresas do ramo contábil, e de todos os setores, este também está sendo um momento de reflexão e ação. “As empresas já estavam trabalhando em três grupos: o primeiro pelotão era o que já vinha construindo sua jornada digital; o segundo, das empresas que pensavam, por suas resistências mentais, que nunca iriam fazer, por exemplo, trabalho remoto, mas tiveram que se adaptar; e o terceiro grupo é o das empresas que já tinham uma série de problemas e que vão quebrar ou quebraram em 2020. O que posso afirmar sobre todas elas é que quem estava com seus processos mais digitalizados, está sofrendo menos”. 

De acordo com Igreja, o primordial para aqueles que estão buscando corrigir a própria trajetória – ou auxiliar melhor os clientes – é vencer o desafio de adotar as ferramentas digitais, mas sem perder a humanidade.  

“A maioria das ferramentas que estamos usando agora, para falar com os nossos clientes, já existia em 2008, período da última grande crise econômica. O problema é que as pessoas pensavam que poderiam incorporar estas ferramentas às suas rotinas amanhã, no ano que vem, enfim, depois. Com a pandemia, teve empresa que foi forçada a utilizar esses meios. Agora o nosso desafio é humanizar esse contato digital. O ser humano é gregário, social. Temos que saber como lidar com os nossos clientes e colaboradores considerando suas jornadas. Lembrar que o contato humano é cada vez mais ‘premium’”, alertou. 

O painel com Arthur Igreja contou com a participação de Tiago Tadeu Farago (QuickBooks) e Christiano Cesar Martinello, diretor da Aescon-SP. O presidente do Sescon-SP, Reynaldo Lima Júnior, também acompanhou o debate e fez o encerramento da atividade do dia. “Acho que a maior lição que tiramos de tudo isso é lembrar-nos de valorizar a nossa liberdade e os nossos laços. Por uma vida mais humana e com tecnologia!”, declarou Lima.  

Conheça a programação do terceiro dia: 

27/08/2020 – Encontro Sul Paulista

– 08h30 – ABERTURA

Vancrei de Azevedo (Diretor Regional em Sorocaba)

– PALAVRA DO PATROCINADOR

Marcelo Rezende (Presidente da Wolters Kluwer Brasil)

– PAINEL

Gestão de pessoas em home office – Liderança, Treinamento, acompanhamento e produtividade, com Andrea Iorio

Debate: Paola Klee (Diretora de Recursos Humanos da Wolters Kluwer Brasil) e Rosana Aparecida Franco (Diretora da AESCON-SP)

– 10h30 – ENCERRAMENTO   

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top
Recomendado
O primeiro dia foi dedicado ao debate do tema ‘Legislação…